O que é Constelação Sistêmica Familiar

 

Desenvolvida pelo filósofo alemão Bert Hellinger, a Constelação Familiar é isenta de crenças religiosas ou de qualquer experiência mística ou sobrenatural.

Seu embasamento científico é na Teoria dos Campos Morfogenéticos de Rupert Sheldrake, biólogo britânico.

A constelação familiar, é um tipo de abordagem que parte do pressuposto de que todo ser humano pertence a um sistema, a uma família.

Utilizada no mundo inteiro, é aplicada considerando os padrões familiares que se repetem ao longo de gerações, e como o indivíduo pode estar atuando mais em função da consciência familiar do que da própria.

 

AS LEIS DA CONSTELAÇÃO FAMILIAR

Desde o nosso nascimento, formamos parte de uma família que gera um campo de energia em nosso interior e no qual evoluímos e crescemos. Independentemente de quem e como sejam as relações, somos parte e somos influenciadas.

Para solucionar nossos problemas por meio da constelação familiar, o profissional olha além do indivíduo, ou seja, além de nossas ligações ou conexões óbvias. Isso é feito pois, segundo Bert Hellinger, possuímos um “inconsciente familiar”, que atua de forma diferente em cada membro da família.

Nesse inconsciente, Hellinger acredita que existem três leis básicas que atuam simultaneamente: o pertencimento, a ordem e o equilíbrio.

Lei do Pertencimento

Temos a necessidade básica de pertencer à nossa família e esse vínculo é nosso desejo mais profundo.

Essa lei é desrespeitada em casos de exclusão, isto é, quando alguém é excluído de uma família por alguma razão, ou algum acontecimento é silenciado e tido como um tabu naquele grupo.

Lei da Ordem

Você já ouviu alguém dizer que é responsável pelos pais, ou que os pais agem como se fossem os filhos?

Este é um exemplo de quebra na lei da ordem. Para que uma relação familiar tenha boa fluidez, é preciso entender e respeitar a hierarquia das gerações, respeitando a ordem dos que vieram antes.

Lei do Equilíbrio

Equilíbrio entre dar e receber, se pauta pela necessidade de haver equilíbrio em todas as relações, o que gera respeito e igualdade de condições.

Quais as indicações?

A Constelação Familiar é conhecida como um método de “mudança de consciência. Amplia a capacidade de interpretação e leitura do mundo ao redor.

Todos temos problemas ou passamos por situações difíceis. Entretanto, reconhecê-los e sair em busca da solução só depende de nós!

Podemos trabalhar sintomas físicos e doenças que se repetem (depressão, síndrome do pânico, insônia, fibromialgia, dores físicas em geral, enxaqueca, ansiedade e outras), comportamentos sabotadores, crises emocionas e os mais variados relacionamentos interpessoais, com segue abaixo:

· Relações entre membros da família (pai, mãe, filhos, irmãos, tios etc.)

· Relações interpessoais de empresas

· Relações no ambiente educacional

· Relações em comunidades

Como é a consulta de Constelação Sistêmica Familiar Individual?

Na constelação familiar individual, a pessoa expõe a situação ao profissional, como por exemplo, um problema com o filho.

O profissional habilitado, se centrará em informações importantes a respeito do entorno familiar, casamentos, separações, número de irmãos e filhos, entre outros que o profissional achar necessário.

A constelação individual, serve para revelar os emaranhamentos do cliente no seu sistema familiar e tornar os vínculos e as soluções claros.

Isso permite ao indivíduo tomar uma posição apropriada na sua rede de relações.

É um trabalho de grande sensibilidade, responsabilidade, comprometimento e respeito.

A sessão é marcada com antecedência e tem média de duração de 90 minutos.

 

QUAIS SÃO OS BENEFÍCIOS GERADOS POR ESSA TERAPIA?

As constelações familiares têm ganhado muita força no campo das terapias emocionais. Em uma única sessão é possível obter resultados claros e resolver questões que muitas vezes atormentavam alguém há anos, mas não podiam ser percebidas pelo consciente.

Dentre alguns dos benefícios que podemos listar estão:

· A clareza para enxergar as coisas desde outra perspectiva, como se você fosse tirada do olho do furacão e pudesse ver os problemas de fora.

· Alívio emocional, por saber melhor por onde começar a resolver os problemas identificados;

· Resolução de conflitos dentro da família

Como mencionamos, é possível restabelecer as leis familiares, entrando novamente em sintonia com a família. As constelações familiares permitem trabalhar com emoções e fatos que nem sequer sabemos que existem. Assim, através dela, é possível abrir caminhos para novas atitudes.